Nome: Jordana Sampaio
Idade: 19
Orkut: jordanadosanjos@hotmail.com
Quem sou: “Muito prazer, eu sou você amanhã. Só não me apresentei antes por medo de te desmotivar...” “Eu sei que nada tenho a dizer, mas acabei dizendo sem querer. Palavra bandida! Sempre arruma um jeito de escapar...”
O que não suporto: Mentira, arrogância e falta de humildade! "Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia.”
   

    Equipamento roubado
  Túnel de idéias


 

 
 

   

   


 
 
Veja bem meu bem...




     Ei, vem cá... senta aqui pertinho. Tá escutando esse coração acelerado? Ta sentindo essas mãos suadas? E esse sorriso aqui nos meus lábios, consegue perceber? Pois é, um dia isso foi para você, foi por você! E nem faz muito tempo. Faz pouquíssimo tempo na verdade. Talvez nem seja passado. Mas quiçá, enquanto eu abria meu sorriso, fechei meus olhos e não pude enxergar o que estava bem próximo de mim. E enquanto eu estava ocupada enxugando minhas mãos suadas deixei de palpar a realidade. E o coração acelerado apenas me fez querer acompanhá-lo sem que você quisesse seguir seu ritmo.  Contudo, sozinha eu vejo bem melhor... sempre foi assim... a verdade só caminha na minha direção quando estou só! E a lágrima... ahhh ...essa eu deixei escorrer... deixei correr... deixei vagar pelo meu rosto. Porque por mais que pareça bobo e eu saiba que ela só serve pra deixar esse rostinho inchado, na hora me pareceu um grande conforto, como se tudo aquilo viesse la do fundo da minha alma, abrindo espaço para o que vinha atrás...o sono. 

     Mas prometi a mim mesma que dessa vez vai ser diferente, por mais que eu chore. Por mais que a dor insista em bater na porta. Ela sempre passa. Mesmo que demore uma semana ou um ano, passa! Mesmo que doa diariamente ou só quando eu lembrar, ela vai passar.Por mais que o sentimento ainda tenha para onde crescer.Porque hoje eu sei que sou bem mais forte do que triste. Hoje sei que sou dotada de um poder sublime: eu acredito! Acredito que o tempo é o senhor de todas as curas e que ele logo vai tratar de encher meus dias, de lotar meus pensamentos e de me arrancar da dor. E agora, enquanto a dor ainda está aqui, vou “arrumando a casa”, porque eu tentei tanto colocar as coisas em ordem que mudei tudo de lugar aqui dentro e só agora estou vendo a bagunça que ficou!

 

 

 

 

 

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 08h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    

     Quem me conhece sabe que sempre fui de dar chances aos que se dizem inocentes. Sempre fui adepta do tal voto de confiança. Mas tem hora que cansa! Por que será que eu sempre tenho que ser  complacente? Por que será que meus motivos podem até serem ouvidos, mas levados a sério... rs ...outros 500?! Tem gente que vive fazendo idiotice por aí na esperança de encontrar “idiotas” como essa daqui, mas tem momentos que até os mais bonzinhos explodem! Sempre tentei ver os dois lados da moeda, sempre tentei enxergar que do mesmo jeito que eu tenho minhas inseguranças as outras pessoas também têm, sempre fui condescendente até mesmo com pessoas quem me magoavam.  Nunca fui de fazer cobranças, nunca fui de colocar o dedo na cara de alguém e mandá-lo fazer isso ou aquilo da sua vida, mas se a vida é sua, por favor, aja de forma que não interfira na minha, porque a partir do momento que a minha vida passar a ter reflexos da sua, vou cobrar sim!

     Hoje já não me vejo tão boazinha como antes. Aprendi que esse negócio de levar bofetada e oferecer a outra face serve apenas para santos e pessoas mais evoluídas e que eu estou bem longe disso!Aqui dentro corre sangue e sangue quente! Não me venha com ladainhas do tipo “sei que errei, mas te amo” ou “me perdoa, prometo que não repito” porque isso não funciona mais. Hoje sei que amigo de verdade não fere, que quem trai uma vez trai dez e que se me ama vai no mínimo se esforçar por mais difícil que seja demonstrar certos sentimentos e tomar certas atitudes! Hoje exijo que me tragam tudo preto no branco e pode deixar que eu começo a colorir! E pra finalizar uma frase da Fernanda Mello que resume tudo isso:

     “ Mas chega uma hora na vida que a gente tem que parar de ser boa com os outros e ser boa – primeiramente- com a gente!”

 




Escrito por Jordana Sampaio às 00h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





     Toda vez que entro em um novo ciclo da minha vida tenho medo e não nego! Talvez seja comum ao ser humano temer mudanças... talvez seja nosso “sentido aranha” nos mandando ir com calma. Mas uma coisa fique bem clara, eu nunca estanquei por causa de medo. Já freei, admito, mas desligar o motor, nunca! Quando nascemos temos medo de apenas duas coisas: medo de cair e do barulho. Todos os outros adquirimos no decorrer da vida. Assim se foi eu que os consegui também posso me livrar deles, por mais que isso as vezes pareça bastante hercúleo.

     É bem verdade que em muitas das vezes que arrisquei dei de cara na parede e sofri bastante por isso. Jurei que a dor não passaria, chorei noites inteiras, mas é incrível como o tempo tratou de me apresentar coisas mais importantes ou apenas me lembrar da existência delas e assim a dor se escondia até eu resolver saltar de outro abismo.

     Não vou dizer que não me arrependo de certas atitudes que tomei, reconheci meu erro e se pudesse mudar o passado com toda certeza escolheria não me machucar, mas já que não dá para voltar atrás aproveito tudo aquilo que posso aprender com as minhas mancadas e tento entender que se doeu foi para me fortalecer, se chorei foi para lavar a minha alma e se me fizeram mal foi para eu aprender a escolher melhor quem me acompanha. E assim sigo, saltando abismos sem asas. Se hoje sangra, amanhã sara. Se hoje a lágrima cai, amanhã ela seca. Se hoje sou ruína, amanhã sou fortaleza!

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 11h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Hoje me perguntaram o que fazer com um relacionamento de 4 anos onde não existe mais sorrisos. Suponho que tempo não é demarcação de amor muito menos certeza de felicidade. Conheci casais que em 6 meses se conheceram, se amaram, se casaram e estão juntos mesmo depois de muitas tempestades. Por outro lado conheço casais que namoraram anos e mantém uma relação baseada apenas nesses anos e não no sentimento e companheirismo que devem ser o sentido da coisa! Se não faz feliz o meu olhar, se não alegra meus dias, se não me trata como mereço, se não retribui minha devoção não me serve! E para me servir tem que me causar borboletas no estômago, tem que tornar meus dias doces. Quando o barco da felicidade não está mais ali, o melhor é içar velas e sair à velejar, mesmo que o cais tenha 300 anos! Coração é algo livre... independente! Sei que as vezes é difícil largar o costume do outro, mas a felicidade é bem maior que isso e as vezes um relacionamento frustrado hoje pode frustrar todos os outros que poderiam vir se tivéssemos tido coragem para encarar o fato de frente e dizer não para o comodismo. Relacionamentos não são baseados apenas no tal do gostar, isso as vezes não basta! Pra me fazer feliz e me fazer acreditar que é amor tem que segurar na minha mão, apertá-la de leve pra eu me sentir segura e beijar a minha testa para eu me sentir respeitada!

“O amor não faz o mundo girar. O amor é o que faz o giro valer a pena.”

                                                                                                                                                               (Franklin Jones)

 

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 21h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Hoje, depois de muita insistência em retomar o que eu achava que era meu, percebi que talvez nunca tivesse tido. As pessoas cansam de tentar e acho que antes mesmo de eu falar todo o script que preparei na minha cabeça você cansou. Não adianta mais tentar... a mágica também acaba... apesar de seu encanto, ela também perde o brilho. Amor também tem começo, meio e fim, pena que sempre o fim chega primeiro para um dos lados.

    Agora eu consigo até tatear a sua ausência, talvez bem mais sólida que a tua presença. Agora eu mergulho numa lembrança que depois da minha nova descoberta não vai mais existir depois. Mas ao menos existe a lembrança. Lembrança que é a prova que eu não existi sozinha. Agora quando eu me flagrar encolhida num canto sentido que falta algo, algo que a gente nem sabe o que é, mas que faz falta, sabe o que vou estar fazendo? Revirando cada promessa que jamais será cumprida, cada palavra que nunca mais será pronunciada. Vou saber que quando eu tateava a tua ausência era à procura da tua presença que de certa forma ainda existe aqui.

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 00h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Ela abriu a janela como fazia todos os dias logo que acordava. Sentiu o vento que acariciava seus cabelos. Sentiu o cheiro de novo dia invadir seu corpo. O Sol, aquele mesmo Sol dos outros dias, lançava seus raios e eles a iluminavam com a ardente sutileza de uma manhã de primavera. Toda vez que abria aquela janela parecia que ela se deparava com um novo mundo e talvez fosse aquilo mesmo. Voltou-se para o quarto procurando vestígios da noite anterior. “Ainda bem que o Sol sempre nasce” – pensou. Se o telefone tocasse, a secretária eletrônica atenderia. Se a campainha chamasse, ninguém responderia. Mas se algo dentro dela gritasse? Como calar algo assim, que vem de dentro para fora? Até parecia que morava outra pessoa dentro do peito dela. E esse inquilino de alma teimava em gritar a plenos pulmões tudo aquilo que ela não gostava de ouvir.

    Sem muita certeza do que viria depois foi para o banheiro, cantarolando a primeira coisa que lhe veio na mente, talvez se ela escutasse algo dentro de si a melodia abafaria. Mas porquê tanto medo de sofrer? Aquilo não foi escolha sua? Não foi ela própria que decidiu colocar um ponto final em algo que só lhe trazia sofrimento?Algo que fazia seu mundo tão cheio de vida perder as cores. Pois bem. Não valia a pena continuar o sofrimento de outra forma. Se lhe fazia mal, iria acabar no momento em que ele bateu a porta do apartamento levando consigo o seu “adeus”.

    De mãos dadas com tudo aquilo que lhe fazia bem, saiu do banheiro e decidiu seguir. Seguir por esse caminho de incertezas que é a vida. Mas quem disse que ter certeza de tudo é algo bom? Talvez seja prático. Talvez seja menos dolorido. Mas não é bom. Quando optava pelo caminho mais fácil sempre quebrava a cara. No começo era o que sempre sonhou e já no meio transformava-se no que sempre detestou. E voltando a janela sentiu novamente o calor aquecer seu corpo e sua alma e dessa vez não abafou a voz que gritava dentro dela, pois dessa vez a voz era serena, era confortante e dizia: segue, segue sempre em frente!

 

 

 

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 19h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O que falta em você


       Depois de muita observação consegui descobrir o que falta em você... Falta você me provocar uma grande raiva e fazer eu te odiar profundamente. Falta você me fazer enxergar que todos os seus defeitos podem destruir nosso relacionamento. Falta você me provar que não gosta de mim e que tudo que me falou foi só bobagem de MSN. Falta também você fazer meu coração calar quando eu quero dormir e ele fica gritando seu nome. Mas você me fez aprender que sempre que eu fujo algo me arrasta para perto de você mesmo estando longe e que mesmo sendo medrosa como sou, quando o assunto é amor, eu ainda consigo me irritar comigo mesma quando me pego pensando em você durante a aula. Confesso que no meio da multidão de desejos que habita em mim se encontra o de sentir por você algo muito diferente do que sinto. Algo que não faz doer, que não machuca e que não alimenta esperanças falidas. Esperança as vezes só aumenta a dor. Por que tudo isso é um ciclo vicioso... Quando eu começar a me doar também vou começar a me doer.

 



Escrito por Jordana Sampaio às 21h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Espera


    E quanto tempo vale à pena esperar? Esperar aquela pessoa como criança que aguarda presente de Natal e como diz no Pequeno Príncipe: "Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz." Esperar tanto que as vezes a gente se pega pensando em como ter alguém dentro da gente faz doer. Parece que nem cabe ali, literalmente. As vezes aguardamos tanto que a vida torna-se uma sala de espera onde somos eternamente os próximos a serem atendidos. Mas tem dias que a nossa paciência não suporta nem fila de banco, quanto mais esperar gente que as vezes parece mais lenta que o percorrer dos ponteiros no relógio. Esperar gente decidir se quer ou não quer... se fica ou não fica... se gosta ou não gosta. E mesmo com a distância disfarçada de esperança que trás a espera a gente continua ali, dentro de nós mesmos, regando uma esperança que a gente nem sabe explicar por que razão existe.



Escrito por Jordana Sampaio às 21h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Destalento

   Gente...ja fazem alguns meses que acho cópias dos textos que publico aqui postados em outros blogs e páginas semelhantes. Bom, eu sei que isso aqui não tem nenhum fim profissional, mas não é por esse motivo que vou gostar de ver gente destalentada faltando com respeito em relação ao meus textos. Para vocês terem uma idéia encontrei páginas com 4 textos meus copiados na maior CARA-DE-PAU!!!Eu sei que as vezes a gente se identifica com um texto, acha bonitinho e tal, mas se são palavras alheias alí é nossa obrigação dá os devidos créditos ao escritor!!!E é por isso que resolvi escrever esse post, implorando para os leitores de boa fé do blog que me ajudem!!!Por favor queridos, quando vcs se depararem com textos meus por aí deixem um comentariozinho para o dono destalentado da página!!!Não me incomodo com textos meus postados em outros lugares desde que os mesmos estejam acompanhados com meu nome.Sei que aqui estou entre amigos e agradeço desde já a colaboração de todos!!!

Beijocas à todos, felicidade e feliz 2O10!!!



Escrito por Jordana Sampaio às 00h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





   Até onde sei nada é mais importante que viver. Mas não é viver de qualquer forma,não.É absorver tudo que nos for permitido e sorver tudo que experimentarmos. É chorar de tanto rir e as vezes achar que nunca mais vai parar de chorar, que aquela dor não vai passar. É ser só emoção e sair do prumo de vez em quando, mas é também saber identificar o momento de parar para pensar. É acordar, abrir a janela e sorrir para o mundo ou abrir os olhos e não ter coragem nem de colocar os pés no chão.Viver é sempre seguir em frente, sem olhar para trás, porque olhar para trás, de certa maneira, é uma forma de deixar um pedaço da gente e eu não quero seguir incompleta!
   Não sei se entendo da vida, mas entendo do que vivi. Sei que palavras machucam mais que bofetadas. Sei que um sorriso aberto faz milagres. Sei que não adianta espernear nem desesperar, o que é seu é seu e pronto! Se foi embora é porque você nunca teve. Quem sabe foi emprestado? Mas dado mesmo, sinto informar, não foi. E sei também que por mais seguros que sejam nossos castelos sempre aparece alguém com a capacidade de burlar a segurança. Cabe a nós reforçar a guarda ou desejar boas-vindas ao visitante.
   Quando eu era pequena as pessoas costumavam me dizer que o certo é fazer o bem sem esperar retorno e assim a vida agradecería.Pois é...acho que não aprendi. Faço o bem e espero ser tratada da mesma maneira, sería hipocresia minha dizer o contrário. Crio expectativas de que a outra pessoa retribuirá e não creio que isso seja errado. Não suporto descaso, abandono. Não suporto quem promete e não cumpre, pois quando digo que vou fazer vou lá e faço! Isso se chama honestidade!Talvez meu único erro seja ainda acreditar que todo mundo tem uma porção de anjo.

   É bem verdade que a vida não vem dentro de uma caixa de presentes com laços de fita colorida, mas isso não significa que ela não seja presenteável.Viver não é fácil, eu sei, e ninguém nunca disse que sería, mas me orgulho de caminhar durante o dia em estradas que teimam em se fazer noite em mim.


   Aproveito para desejar Feliz Natal e um 2010 maravilhoso pra todos vocês! Muito obrigada pelas visitas e espero que no próximo ano vocês continuem aparecendo e comentando!!!xD

Beijos!!!!

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 22h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Eu quero tanta coisa que as vezes até me sufoco nas minhas vontades. Quero uma casa só minha para eu encher daquelas risadas que tanto amo! Quero dormir três dias para me desligar de tudo que me faz borrar minha maquiagem e inchar meu rostinho! Quero um dia sentir alguém dando um chutinho na minha barriga e mesmo assim amá-lo incondicionalmente. Quero poder ter a certeza que agora e sempre vou ter certas pessoas do meu lado mesmo se elas estiverem longe. Quero poder chorar de rir e nunca parar de acreditar no poder de um abraço. Quero ter força pra sair das situações em que me meti em momentos de fraqueza. Quero um amor pra vida toda que vai ser eterno enquanto durar.

    Mas acima de tudo quero poder ser eu mesma. Sem amarras, sem algemas, sem prisões. Quero poder gritar bem alto o que sinto e pedir para o vento espalhar minhas palavras! Quero ser livre para escolher o meu caminho, me agarrar com todas as minhas forças ao que amo e me desfazer do que me machuca. Quero conseguir ouvir a voz do meu coração mesmo que ela seja sussurrada. Ele é meu guia. Ele me impulsiona ou me freia.

    Confesso que não é uma tarefa fácil ser eu. As vezes me odeio profundamente e outras me amo loucamente! Umas vezes sou santa, anjo. Outras vezes louca, desalmada, irritante. Mas sempre sou o que sinto, sem exceções. Tenho mil faces, mil gestos com mil significados cada um, mil vontades e um único objetivo: ser feliz. Quem quiser me acompanhar pode vir, quem não estiver satisfeito... os incomodados que se retirem!

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 22h24
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Uma coisa está decidida... nada de pressa! Não vou mais correr em busca de nada, procurando atalhos que me levem a tal da felicidade... apenas vou procurar o caminho que me leva a ela, sem pressa. Quero poder acordar com a sensação de fim de semana todo dia. Quero poder dormir esperando um dia agradável. Quero poder olhar pela janela do meu quarto e ver que o mundo gira tranquilamente e que eu estou indo na mesma velocidade.

    Meu mundo não precisa correr como um trem desgovernado! Tenho necessidade de calmaria, mesmo que as vezes me comporte como um cometa. Preciso de tempo para parar e respirar. Preciso sentir que ainda existem soluções para problemas ditos sem jeito. Eu não  quero viver por viver... sem saborear nada, sem sentir o cheiro da tal liberdade que me foi concedida.

    Quero ter meu porto seguro, quero poder ter certezas nas minhas incertezas, quero poder voar mesmo que com os pés ainda no chão. Não sou abrigo da solidão, mas prezo momentos apenas comigo. Não tenho tempo pra egoísmos, mas preservo meu amor próprio. Enfim... não quero precisar mandar parar o mundo pra eu descer... quero viver, mas no meu ritmo, conforme a minha dança e com os passos que eu mesma criei!

 



Escrito por Jordana Sampaio às 21h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





“Ei! Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso...” Charles Chaplin

 

    É exatamente isso! Quem foi que disse que precisamos sorrir constantemente, mesmo quando nossa vontade é desmoronar em prantos? Quem atestou que meu sorriso tem que ser dado assim, de graça? Risada é para ser dada verdadeiramente e não usada como fantasia de uma realidade triste. Quando eu estiver com vontade de rir, darei a minha melhor gargalhada!Mas quando estiver com vontade de xingar o mundo, xingarei! Quando estiver com vontade de chorar inundarei meu travesseiro, meu quarto, minha rua! Por mais que eu me arrependa depois e engula todas as minhas palavras rasgadas e doloridas, não vou me consumir pelo ácido do que não foi dito nem sugada pelo vazio do quem não foi sentido.

    Nada de parafusar um sorriso no meu rosto enquanto minha alma ta estampada de preto. Não vou correr o risco de tentar me enganar e no fim do dia meu coração passar todas as mentiras que tentei me fazer engolir na minha cara. Sorriso é importante... Sorriso verdadeiro é essencial e incomparável!

 

 

 

 



Escrito por Jordana Sampaio às 21h11
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





    Meu mundo é exclusiva e irrevogavelmente meu! Posso até te mostrar parte dele, mas mesmo assim continuará sendo meu! Não tente invadir meu espaço, não ouse tentar roubar meu cantinho! Até posso te emprestar um pouco do meu ambiente... levar você pra caminhar nele...mas entenda... não quero visitantes que não me deixem nada de recordação! Não caminhe no meu mundo feito fantasma! Deixe pelo menos pegadas! Não seja mais um com o nome na lista dos que passaram por mim. Coloque seu nome na relação dos que passaram e contaram alguma coisa... dos que também me levaram pra dá uma volta em seus universos. E talvez, se um dia eu decidir dividir meu mundo com alguém, vou lembrar os passeios por você, das caminhadas pelo seu mundo e aí sim terei certeza de pra quem devo abrir a porta do meu ser!



Escrito por Jordana Sampaio às 21h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Perdendo o fôlego


  

     Nada do que eu fiz até aqui foi morno! Não gosto de nada quebrado a frieza. Gosto do que me gela a coluna e me esquenta a alma! Não me venha com meios termos! Meu cérebro só identifica e compreende termos inteiros. Eu vivo sentindo e na intenção de sentir e aquilo que não me acrescenta nada, que não me faz mudar meu estado de espírito e nem levantar o olhar também não me serve! Sou avessa a tudo aquilo que não me tira o fôlego!

     Sou atrevida de nascimento e em muitos momentos calculista por escolha. Não gosto de reticências, prefiro pontos de exclamação. Nada em mim é básico. Talvez exista algo de normal apenas para disfarçar. Sei ser meiga e afável, mas também sei bem onde guardo a indiferença. Tenho ótima memória, principalmente para palavras pronunciadas e atitudes tomadas. Santa? Quando quero. Demônio? Quando preciso! E no meu livro da vida, rasgo páginas, colo outras e vou seguindo assim, dançando, conforme a música que eu mesma compus!

 



Escrito por Jordana Sampaio às 21h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]